Inteligência Artificial em 60 segundos

2 mins read

Você vai ler este texto em sessenta segundos. Ele resume o principal que você precisa saber sobre Inteligência Artificial. Quem escreveu o original em inglês foi Tiernam Ray, colunista da ZDNET e especialista em tecnologia há 24 anos. Quem traduziu foi o Google Translator. Vamos lá.

 

“A IA de hoje consiste em programas de software conhecidos como aprendizado profundo (deep learning).

Os programas de aprendizagem profunda transformam a entrada em saída (inputs e outputs). Todos os programas de software fazem isso, mas a mágica do aprendizado profundo é que a função matemática que faz a transformação não é escrita com antecedência pelo programador de computador. Em vez disso, ele toma forma espontaneamente, à medida que o programa é exposto aos dados. 

A entrada pode ser imagens digitais de cães e gatos, e a saída pode ser uma pontuação numérica, um ou zero, classificando cada imagem como um gato ou um cachorro. A tarefa poderia ser mais sofisticada, como uma imagem de ultrassom da mama que se transforma em uma nova imagem que destaca áreas de tecido com suspeita de câncer. 

Não importa a entrada, uma função matemática será descoberta automaticamente que irá transformá-la na saída desejada. 

Desta forma, o aprendizado profundo é uma máquina de transformação, uma máquina para automatizar transformações muito além do que um programador humano poderia codificar. 

Isso é tudo o que a IA é no momento. Não há consciência, não há cérebros brilhantes. Se tal máquina é “inteligente”, isso está aberto ao debate”.

 

O artigo do Ray tem várias notas de rodapé muito legais, que se você se interessar pelo tema, recomendo você ler. Estão aqui. Só que aí vai levar mais do que 60 segundos.

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.