Ferramentas não podem consertar você

2 mins read

Li esse título num artigo (Tools can’t fix you) e sem nem ter lido o artigo, saí escrevendo aqui pra você.

Plataformas, sistemas e ferramentas estão hoje transformando o mundo.

O Mark Andreessen, do fundo de investimentos Andreessen Horowitz, um dos maiores do Vale do Silício, criador do Netscape e do Mosaic, primeiro navegador gráfico da World Wide Web, há uns anos, comentou que o software está comendo o mundo (“Software is eating the world”). Pois softwares são ferramentas. E elas estão mesmo mudando tudo a nossa volta.

Mas elas não podem consertar você.

Se você estiver com a biela do entendimento sobre a transformação digital quebrada, as ferramentas não podem consertar você.

Se o virabrequim do seu conhecimento sobre o poder e o impacto da Inteligência Artificial nas nossas vidas emperrou, as ferramentas não podem consertar você.

Se o cabeçote da sua percepção sobre o significado da exponencialidade no Planeta enferrujou, as ferramentas não podem consertar você.

As plataformas, os sistemas e as ferramentas são os instrumentos de todas essas revoluções. São elas que estão engraxando os sistemas, acelerando as máquinas, explodindo os motores da disrupção radical.

Mas elas não podem consertar sua inércia. Seu acomodamento diante da nova velocidade de tudo. Sua vontade de que as coisas permaneçam como antes. Sua resistência ao novo.

Desconhecer não é sempre uma fatalidade. Pode ser uma escolha. E se for essa a sua escolha, as ferramentas não podem consertar você.

Você não veio com defeito de fábrica. Você veio equipado com todas as peças e acessórios de uma engenharia de projeto modelo Tesla. A engenharia humana, a mais avançada conhecida.

Não dirija essa sua Ferrari como se fosse um Fusca.

Se você resistir ao futuro, o futuro quebra você.

E como eu já disse, as ferramentas …

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.