innovation-insider-computação-quântica
Por que você deve conhecer a computação quântica e porque ela vai mudar tudo

Porque você deve conhecer a computação quântica e porque ela vai mudar tudo

5 mins read

Computadores quânticos não são computadores como os entendemos até agora: caixinhas cheias de processadores com semicondutores digitais. Eles se assemelham a computadores clássicos num único aspecto: recebem entradas e produzem saídas. Mas para quase que por aí.

 

Os computadores quânticos usam princípios da física quântica para realizar suas tarefas. A física quântica estuda os sistemas físicos cujas dimensões são próximas ou abaixo da escala atômica, tais como moléculas, átomos, elétrons, prótons e de outras partículas subatômicas. Nesse ambiente, tarefas antes impossíveis no nível físico em que vivemos e habitamos, e onde toda a computação conhecida habita, ganham outra escala e outra dimensão, dando vida a fenômenos como a concomitância e superposição de atividades. Ou seja, muitas coisas acontecendo ao mesmo tempo agora. Isso, por sua vez, aumenta não só a velocidade de tudo o que se processa, mas também expande os limites de tudo o que conhecemos até agora, tornando pesquisas de coisas impossíveis, totalmente possíveis.

 

Os computadores quânticos executam tarefas algébricas muito mais rápido do que uma máquina clássica faria. Em muitos casos, cálculos extremamente complexos, que demorariam eventualmente meses para serem realizados, são feitos em milissegundos por eles.

 

Isso significa que problemas antes simplesmente insolúveis para o conhecimento humano atual, fora do escopo de tempo de nossas próprias vidas, mesmo com os supercomputadores mais rápidos, podem agora não só serem resolvidos, mas resolvidos em um tempo ridiculamente reduzido.

 

Modelos altamente confiáveis de previsão de furacões e desastres ambientais em geral; modelos de aquecimento global que identificam os incêndios florestais do próximo ano; modelos de previsão de novas pandemias, além de uma série de previsões e projeções sobre várias áreas do conhecimento humano, como a física e a química, poderão agora ser feitas, colocando grande parte da supercomputação como a conhecemos hoje de escanteio, porque a computação quântica a torna, em segundos, totalmente obsoleta. 

 

Um computador quântico pode incrementar de forma importante todos os recursos e equipamentos de navegação e geolocalização existentes no planeta, podendo inclusive funcionar em baixo d´água, o que ajuda obviamente os submarinos. No mundo da saúde e da indústria farmacêutica, pode trazer soluções medicinais para doenças hoje incuráveis. Pode ajudar a resolver, por exemplo, problemas de doenças mentais profundas, investigando áreas do nosso cérebro hoje ainda desconhecidas. Isso abre caminho para a cura de demências as mais diversas, o Alzheimer, por exemplo, entre elas.

 

Os computadores mais avançados que temos hoje usam cálculos algoritmos de forma linear, num sequenciamento lógico que vai obtendo ganhos incrementais na medida em que vai evoluindo. A parte da Inteligência Artificial chamada Machine Learging, ou aprendizado de máquinas, funciona assim é é, já, um baita avanço em relação ao que tínhamos antes dela. 

 

Só que um computador quântico é capaz de fazer cálculos de forma concomitante e sinérgica, tornando as tarefas de lineares em exponenciais. Vem daí a expressão salto quântico. Não é mais na escala geométrica.Não é mais binário. 

 

Um computador quântico não chega a apenas uma solução, mas a várias ao mesmo tempo, indicando qual a mais provável de ocorrer e porque. Isso vai transformar a própria Inteligência Artificial no estado em que ela está hoje.

 

Não é à toa que os cientistas que estão envolvidos nas pesquisas da computação quântica andam pirados com seus potenciais avanços e conquistas. Acredito que todos nós deveríamos ficar também. 

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.