Home Notícias Artigos Um pouco (apenas um pouco) sobre Transformação Digital

Um pouco (apenas um pouco) sobre Transformação Digital

187
0

Levantamento feito recentemente pelo consultor de marketing e negócios Marcio Malmegrin no mercado brasileiro aponta que 10 entre 15 empresas de consultoria e tecnologia em operação no País falam em entregar a tal Transformação Digital.

Transformação Digital virou um buzzword vazio. Cada cabeça, uma sentença. Cada um tem sua definição e nenhuma bate com a outra. Todas estar certas. Mas a verdade é que, no estágio em que estamos, não importa muito.

Transformação Digital, como comenta outro consultor, sócio-fundador e CEO da WeFit, Maurício Zaragoza, é um conceito vago como Inovação. Genérico o suficiente para ser um monte de coisas e para não ser nada, ao mesmo tempo.

Como ando pesquisando e lendo muito online sobre o tema, a Amazon percebeu e me enviou vários livros sobre ele. Tem Manual for dummies de todo tipo sobre o assunto. Há blogs e mais blogs. Livretinhos e panfletinhos. Enfim, you name it.

Para não ficar só no achincalhe aqui, transformação digital é a transformação radical que deveria acontecer nas empresas envolvendo-a de ponta a ponta, top down e bottom up, tendo como base o conceito de que digital é tudo, está em tudo, dinamiza e dinamizará tudo. E que as empresas precisam embedar esse princípio e essa infra tecnológica em sua alma e no todo da sua vida.

Sabe quem está fazendo isso desse jeito em todo o mundo? NINGUÉM!!!

Então, transformação digital é uma quimera. Um sonho. Um desejo.

É possível que ao longo dos próximos anos vejamos processos efetivamente mais profundos e que ela deixe de ser o oco que é hoje. Por enquanto, ficamos na expectativa.

Apenas para não me fazer mal entendido aqui, não estou dizendo que não se deva discutir, escrever, refletir e provocar reflexões (desde efetivamente profundas e consequentes) sobre o assunto. Aliás, é exatamente o contrário.

O alerta aqui é que tem muita gente falando e poucos entregando.

Pra ficar ligado.

Previous articleGuia Básico de Data Driven Marketing
Next articleGartner aponta 10 tendências tecnológicas para 2018
Pyr Marcondes é jornalista, consultor e autor. Foi repórter da revista IstoÉ, Jornal da Tarde e Playboy. Foi diretor editorial para o Grupo Meio & Mensagem desde a década de 90. Foi Sócio e Diretor de Criação na agência de publicidade Grottera & Cia. (TBWA) durante 10 anos. Foi Country Manager do portal StarMedia no Brasil. Co-fundador e CEO da Digital Strategy, consultoria pioneira em marketing e comunicação digital no País. Co-Fundador e Diretor de Marketing da FUN Generation, empresa de mobile marketing. Co-Fundador e Diretor da Superbrands Brasil (2005/2009). Consultor adjunto da BrandFinance, consultoria de marcas inglesa (2004/2005). Foi Diretor-Geral da Plataforma Proxxima, de marketing e comunicação digital do Grupo M&M. É hoje Diretor Geral da M&M Consulting, empresa de consultoria e negócios para a indústria do marketing digital. Pyr Marcondes é autor de inúmeros livros sobre história da propaganda e sobre marcas. É hoje referência na indústria digital brasileira. É palestrante, membro de conselhos e consultor.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here