Os 7 motivos pelos quais você precisa participar de um hackathon antes de morrer

Por Henrique von Atzingen | 20 Março 2017

Você já ouviu falar em hackathon? Não? Sério mesmo? Não creio! Hackathon é a mistura de hack, termo geek ligado a superar desafios, e marathon, que significa maratona mesmo. Resumindo, é uma maratona para superar um desafio. Ano passado eu participei de 3 hackathons e tenho absoluta certeza de que você precisa participar de um antes de morrer. Aqui vão os motivos.

Você não precisa ser programador para participar

É verdade, a grande maioria das pessoas pensa que hackathons são só para programadores. Eles são importantes, sim, mas tão importantes quanto eles são os designers e os especialistas em negócios. Saber montar um canvas de modelo de negócios é fundamental para que o projeto de um hackathon tenha sucesso. Saber quem é o cliente, qual o valor a ser gerado para esse cliente e como esse valor vai ser entregue e monetizado é fundamental. Sem isso, os programadores estarão perdendo seu tempo codificando um projeto natimorto. Mas apenas um modelo de negócios bem programado não garante sucesso. Sem design, as chances de vitória são mínimas. Os designers vão pensar na experiência do usuário, no modelo de engajamento, nas telas, toques, eventos etc.

Veja os millennials produzindo e acabe com os tais conceitos preconcebidos

Muito você já ouviu e leu sobre essa geração nova que está prestes a entrar no mercado de trabalho. “Eles são individualistas! Eles são desfocados! Eles são imediatistas! Não sabem lidar com frustrações!” Não é isso mesmo que você ouviu falar? Está na hora de você ver essa geração trabalhando, colocando a mão na massa. No hackathon, eles chegam sozinhos. Logo no começo, se agrupam por afinidades e passam a se conhecer ali mesmo. Dentro de alguns minutos, já viraram amigos de infância e estão trabalhando juntos rumo à solução do desafio lançado. Trabalham em time melhor que muitos não millennials que eu conheço. Discutem possíveis soluções argumentando prós e contras, respeitam o direito do outro de opinar, mesmo quando não concordam com a opinião. Participando de um hackathon, muitos preconceitos sobre essa nova geração sumirão de suas mentes.

Precisamos começar a redesenhar o mundo logo

A cada dia surge uma tecnologia nova com potencial de transformar o mundo. Olhe para os lados e veja que o mundo em que vivemos hoje ainda está desenhado com as bases tecnológicas de décadas atrás. Muitos produtos de várias empresas podem ser repensados, podem ser redesenhados com base nas novas tecnologias que temos hoje, como mobile, cognitive e cloud. Esse redesenho do mundo é fundamental. Podemos reconstruir as empresas, sociedades, relações humanas com novas bases tecnológicas que vão tornar o mundo mais inteligente, que vão diminuir desperdícios, que vão facilitar a vida de todos.

O hackathon é um excelente lugar para você presenciar ao vivo isso acontecendo. Pessoas 100% digitais pensando soluções digitais para problemas reais que hoje só têm soluções analógicas. Existe um borbulhar de ideias nascendo em cada mesa e em cada grupo. Ver isso não tem preço.

A diversão vale a pena

Sim. É MEGADIVERTIDO. Manter essa turma toda junta, virando a noite trabalhando em um desafio, precisa ser divertido. Nos 3 hackathons de que participei eu vi drones voando, uma banda silenciosa tocando, câmeras 360° filmando, gente dançando sozinha, pessoas usando balão de gás hélio para falar igual ao Pato Donald, campeonato de totó, corrida de spheros, gente dançando quadrilha de madrugada e muito mais. As pessoas se divertem e nem por isso deixam de entregar os projetos no final do prazo. Mais uma quebra de paradigma fenomenal!

Você vai aprender muito e rapidamente

Como participante de uma equipe, você vai entrar no modo aprendizado muito rapidamente. O tempo está contra você. O desafio está lançado. É hora de trocar conhecimentos rapidamente, aprender, ensinar e buscar fazer o melhor projeto possível. O feedback de todos os participantes é que nos hackathons eles têm a possibilidade de aprender muito mais rapidamente do que ficando em casa e pesquisando no Google, ou lendo livros. A troca de conhecimentos é fluída, intensa e focada nos atalhos.

Networking, networking, networking, … repeat with me… networking

Nem só de participantes é formado um hackathon. Dele participam mentores, jurados, influencers, investidores e muitos outros. Os perfis são os mais variados, mas eles se unem colados por uma única constante, que é a busca por inovação. Esse é um lugar perfeito para fazer networking. Conhecer gente movida pelo mesmo interesse, mas com experiência e vivência diferentes das suas. As pessoas fazem amizades de verdade. Algumas até arrumam namorado. Executivos de inovação de várias empresas trocam cartões. Participantes conseguem investimento ou emprego em grandes empresas. Grupos de discussão de inovação se formam. São dois dias sem dormir com intensa interação. Nada melhor do que intensidade para formar laços fortes. Networking!

A famosa inovação que sua empresa tanto procura pode surgir lá

Com certeza, na sua rodinha de café na empresa em que trabalha sempre surge o assunto de como o Uber transformou a indústria dos transportes, ou como o Netflix acabou com a Blockbuster, ou como os hotéis estão preocupados com o AirBnB. Sim, todas as empresas estão preocupadas com o surgimento de ideias inovadoras que as vão colocar para fora do mercado. Não só as empresas se preocupam, mas também os empregados estão ressabiados. O motivo é real. A chamada disrupção vai acontecer mesmo. Na verdade, já está acontecendo. Neste momento, alguma mente jovem já pensou numa forma mais eficiente de fazer o produto de sua empresa. Pensando nisso, as empresas estão liderando a mudança. Estão patrocinando grandes hackathons e lançando seus próprios desafios. Estão alimentando a inovação e buscando novas ideias de fazer melhor o que fazem hoje. Estão buscando qual será a solução que vai matar suas vacas leiteiras. Caso você seja um líder de inovação na sua empresa, você pode participar propondo desafios e patrocinando um hackathon.

Para finalizar, sugiro que você não perca tempo e se inscreva o quanto antes para o Bluehack! Vai ser neste mês!

Um abraço!

Comentários

  1. Fabiano Santtos disse:

    Show… Bluehack vai ser em sampa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

White Paper relacionado


Marketing

Jornada do consumidor: como mapear hábitos e comportamentos no ambiente digital

Este White Paper traz dados e métodos para acompanhar o mapa netnográfico dos internautas para potencializar ações de marketing nos canais online.

Artigos Relacionados