Home Notícias Omnicom lança ferramenta que assegura adequação de campanhas em portais de vídeos

Omnicom lança ferramenta que assegura adequação de campanhas em portais de vídeos

47
0

O Grupo Omnicom acaba de criar uma ferramenta que inspeciona e afere a qualidade da exposição das campanhas de seus clientes ao lado de conteúdos em portais de vídeo.

A medida vem como resposta a recente onda de descobertas de que vídeos de campanhas de marcas estavam (e ainda estão) sendo veiculados ao lado de conteúdos impróprios.

Essa descoberta fez vários grandes anunciantes suspenderem campanhas nesses portais. E agora o Omnicom sai em defesa de seus clientes, buscando protege-los de más práticas no mundo do vídeo onlie.

O programa tecnológico do Omnicom consegue varrer centenas de milhares de vídeos em um dia, colocando-os em uma White list (list branca, para conteúdos adequados às marcas). O trabalho é feito por máquinas e seus algoritmos e validado por equipes da companhia.

O Omnicom tem entre seus clientes marcas como AT&T, Pepsi e Procter & Gamble, que estão entre as centenas que decidiram suspender suas campanhas recentemente.

“Estamos construindo isso do zero”, declarou Jon Anselmo, diretor digital da Omnicom, ao Adertising Age. “Estamos criando grupos de conteúdos em vídeo adequados para nossas marcas, assegurando alta confiabilidade a nossos clientes. As pontuações serão determinadas usando Inteligência Artificial”.

Ele acrescenta ainda que: “Quando você está falando de reservas quase infinitas de estoque, a abordagem histórica tem sido a eliminação de sementes ruins”, disse Anselmo. “Isso nunca vai ser suficiente.”

No início desta semana, o rival da Omnicom, WPP, disse que trabalharia com a Open Slate, uma empresa especializada em publicidade em vídeo, para fazer avaliação semelhante.

Open Slate pontua vídeos e ajuda as marcas a decidir quais canais valem o seu investimento. A empresa diz que faz essa classificação através de centenas de milhões de vídeos e milhões de canais, para chegar a um seleto grupo de 850.000 canais que os anunciantes devem considerar.

“Se você está exibindo anúncios em vídeo e os segmenta olhando apenas o público, sem considerar o conteúdo ao lado do qual o vídeo está sendo exposto, você pode executar suas campanhas em milhões de canais (nem sempre adequados a sua marca), disse Mike Henry, CEO da Open Slate. “Os anunciantes não perceberam ainda que a responsabilidade em grande parte repousa sobre seus pórprios ombros.”

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here