O que é marketing de proximidade e como usar beacons para promove-lo

Por Innovation Insider | 11 abril 2019

O marketing de proximidade é mais uma das inovações possibilitadas pelo avanço tecnológico. Ele parte de alguns recursos que funcionam como espécies de GPS e reconhecem quando potenciais clientes estão próximos da empresa. Então, começam a pingar em seus dispositivos móveis ofertas e anúncios da marca.

O resultado? Por meio de uma estratégia inovadora, simples, barata e altamente escalável, você consegue aumentar as vendas em lojas físicas. O impacto das ofertas para os potenciais consumidores que estão próximos à loja normalmente é positivo. Quer entender melhor? Então, continue a leitura!

 

O QUE É O MARKETING DE PROXIMIDADE?

O marketing de proximidade é um dos frutos da geolocalização que, por sua vez, é resultado da transformação digital. A sua base é a Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês para Internet of Things). Por meio de dispositivos inteligentes integrados na rede, algum tipo de sensor dispara dados para uma central e ocasiona uma ação.

Na prática, o marketing de proximidade funciona assim: dispositivos móveis conectados à internet são encontrados por localizadores (GPS), pelo sinal de Wi-Fi ou outras tecnologias similares. Então, o sistema reconhece quando o consumidor em potencial está nas proximidades da loja.

Em seguida, anúncios de ofertas e promoções são disparados no dispositivo da pessoa. Imagina só: você está passando perto de alguma loja que tem interesse e recebe avisos no smartphone que exatamente o produto que você precisava está com um bom desconto? É difícil resistir e passar reto, não é?

Pois bem, o marketing de proximidade se utiliza justamente da comodidade de fazer boas ofertas para alguém que está bem próximo. Quer outro exemplo? A Disneyland utiliza essa técnica. Ao andar pelos parques, o visitante recebe informações sobre atrações e ingressos para shows diretamente no app do celular.

 

QUAIS SÃO OS BENEFÍCIOS DO MARKETING DE PROXIMIDADE?

Além de potencializar o número de visitantes na sua loja, o marketing de proximidade também ajuda a estreitar o relacionamento com os potenciais clientes e a entregar conteúdo mais personalizado. Tudo isso com um ótimo custo-benefício. Veja suas principais vantagens:

  • baixo investimento: o custo para implementar as tecnologias de geolocalização é bastante acessível, além de que o conteúdo promocional gerado é gratuito;
  • funcionamento automatizado: depois de realizar as primeiras configurações, todo o funcionamento do sistema pode ser automatizado;
  • facilmente rastreável: como é tudo digital e instantâneo, a loja pode aplicar métricas e coletar dados precisos em tempo real para o melhor direcionamento de demandas;
  • alta escalabilidade: as tecnologias do marketing de proximidade alcançam um grande número de potenciais clientes de uma única vez — estamos falando de centenas ou milhares, ainda mais levando em conta que mais de 77% da população brasileira já anda com um smartphone no bolso;
  • excelente retorno: o impacto de uma oferta direcionada é muito positivo no consumidor, que tem grandes chances de concretizar alguma compra.

 

QUAIS SÃO OS RECURSOS UTILIZADOS NO MARKETING DE PROXIMIDADE?

Entre as principais tecnologias empregadas no marketing de proximidade estão as que relacionamos abaixo.

 

GEOFENCING SMS

O Geofencing SMS é um recurso muito interessante para o disparo de mensagens de texto. Com ele, é possível delimitar uma região e disparar SMS com ofertas e outros conteúdos relevantes somente para os dispositivos móveis localizados na área especificada.

 

QRCODE E NFC

O QRcode e o NFC são tecnologias bastante similares. São tags que podem ser impressas em adesivos ou lidas eletronicamente. Elas funcionam como um código de barras e guardam informações sobre o item registrado. É muito comum que sejam utilizadas em locais de visitação turística, como museus ou parques.

Mas como elas podem ser úteis no marketing de proximidade? É só seguir o mesmo raciocínio das informações turísticas, mas com conteúdo promocional. Implantar QRcode e NFC na fachada da loja, nas seções e nas prateleiras ajuda o potencial consumidor a encontrar todos os dados sobre ofertas e promoções com muita facilidade.

 

HOTSPOT WI-FI

Também é possível utilizar os hotspot de Wi-Fi para interagir com o público-alvo dessa estratégia. Ao autenticar o uso da rede social no dispositivo móvel, o usuário fornece dados sobre a localização do seu aparelho e essas informações são integradas à central de anúncios.

 

BEACONS

Os beacons são a bola da vez no marketing de proximidade. A exemplo dos GPS, são pequenos dispositivos de geolocalização que funcionam em ambientes fechados, como lojas. Por isso, são também chamados de GPS indoor. Para eles, reservamos um tópico especial.

 

AFINAL, O QUE SÃO BEACONS?

Como dissemos, os beacons — “faróis”, em tradução livre — são dispositivos de geolocalização que conseguem identificar a existência de dispositivos móveis nos arredores. Para tanto, utilizam a tecnologia Bluetooth Low Energy (BLE) ou Bluetooth Smart, que conecta vários itens pela IoT sem gastar muita energia.

Diferentemente de outros recursos, os beacons são menos invasivos, pois solicitam autorização do usuário para acessar o dispositivo e começar a disparar as ofertas. Além disso, o alcance é um pouco menor do que o Geofencing SMS, por exemplo, mas isso pode ser um ponto positivo se pensarmos em direcionamento de campanha.

 

COMO FUNCIONAM?

Basicamente, os beacons emitem ondas de rádio que conectam o emissor ao dispositivo receptor. Eles são pequenos dispositivos que se assemelham a sensores de fumaça, embora já existam vários modelos em mercado. Como as paredes são barreiras dos sinais de rádio, essa tecnologia realmente funciona melhor em ambientes fechados.

Ao passar próximo a esse sensor, o potencial cliente que tem o aplicativo da loja instalado no smartphone recebe uma mensagem solicitando autorização para entregar conteúdos promocionais. Então, ele começa a visualizar o avisos de ofertas e outras notificações da empresa.

 

POR QUE SÃO INTERESSANTES?

A estratégia de utilizar os beacons para promover o marketing de proximidade é muito simples, porém, extremamente efetiva na hora de melhorar a experiência do usuário. Se bem utilizada, essa tecnologia é capaz de aumentar o número de vendas, fortalecer a marca e até fidelizar clientes, já que há um tratamento personalizado e solícito.

Como você viu, o marketing de proximidade é uma poderosa ferramenta para os varejistas. Com o uso de tecnologias de localização, especialmente os beacons, é possível implementar uma estratégia direcionada para potenciais consumidores e, ainda, automatizar tudo por meio de sensores e da integração entre canais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

White Paper relacionado


Marketing

Dirija-se ao Caixa: 5 dicas úteis para a gestão do seu omnichannel

Veja 5 dicas de como fazer a gestão do seu processo de omnichannel. Antecipe-se na comparação de preços. Integre a pesquisa de preços online com a compra off-line. Use softwares para ajustar preços em tempo real. Mantenha um sistema de analytics analisando tudo, o tempo todo. Torne as passagens do on para o off e vice-versa fáceis para seus consumidores e usuários.

Diriga-se ao Caixa: 5 dicas úteis para a gestão do seu omnichannel (384 downloads)

Artigos Relacionados