O músico tem que ler a alma do povo. E pode ter uma ajuda valiosa para isto.

Por Mauro D Angelo | 22 novembro 2016

O bom músico é hábil em ler o sentimento do povo e, através da música, transmitir sua mensagem. Para isso ele fala com gente, ouve muitas músicas e lê bastante. Claro, dentro do tempo que tiver, que muitas vezes é bem limitado. Será que a tecnologia pode ajudar nessa jornada? É exatamente isso que o Watson começou a fazer com o anúncio do Cognitive Music.

Primeiro, o Watson AlchemyLanguage API lê centenas de artigos de diversas fontes para descobrir os temas mais relevantes de uma determinada cultura e região. Em seguida, o Watson Tone Analyzer API pesquisa outros artigos e posts em mídias sociais para ver o que a população está dizendo desses temas.

Em paralelo, o Watson Color Theory Tool e o Watson Beat ouvem centenas de hits para entender o padrão de acordes, ritmos e melodia que estão por trás das músicas que fazem sucesso.

A partir daí o musico reúne esses insights, coloca sua alma e talento e produz algo novo, sintonizado com as tendências e preferências do seu público.

Alex Da Kid, um produtor musical de hip hop, premiado com o Grammy Award, foi o primeiro a testar essa tecnologia. Criou o som “Not Easy” que, na verdade, não foi tão difícil assim de criar com a ajuda do Watson!

#Ouça “Not Easy” no link abaixo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

White Paper relacionado


Marketing

10 dicas para o sucesso do seu marketing digital em 2016

O ano já começou, mas nem por isso é tarde demais para conhecer alguns atalhos para ser bem sucedido em 2016.

10 dicas para o sucesso do seu marketing digital em 2016 (252 downloads)

Artigos Relacionados