Inteligência Artificial brasileira é reconhecida no maior prêmio de criatividade do mundo

Por Innovation Insider | 25 junho 2018

Desenvolvido pela consultoria de inovação Nexo, projeto “Ricky Brasil” conquistou Leão de Ouro no Festival de Cannes ao mostrar o perfil do corrupto brasileiro

 

O Cannes Lions, maior e mais importante festival de criatividade do mundo, reconheceu nesta semana um projeto brasileiro inovador, que usa a inteligência artificial para criar o perfil do corrupto brasileiro. Ao premiar “Ricky Brasil” com um troféu de ouro e outro de bronze em Digital Craft, o evento joga luz no potencial de execução tecnológica do país, indicando que empresas de inovação brasileiras começam a despontar no cenário mundial em meio a 4ª revolução industrial (a era das tecnologias disruptivas, como machine learning, bockchain, realidade virtual e aumentada, além de inteligência artificial). Isso porquê a categoria em questão agracia projetos com forma e função excepcionais, em um contexto digital, ou seja, reconhece somente aqueles com design impecável, execução magistral e excelente experiência do usuário criada para todos os ambientes digitais.

 

Com o objetivo de criar o perfil do corrupto brasileiro, “Ricky Brasil” foi idealizado pela agência Ogilvy, para a revista Forbes. O desenvolvimento e a execução tecnológica ficaram à cargo da consultoria de inovação e tecnologia Nexo, dos sócios Diego Figueredo e Luiz Carvalho.

 

O projeto utiliza Inteligência Artificial para processar um grande banco de dados baseado em entrevistas, reportagens e depoimentos de alguns dos principais condenados nas operações Mensalão e Lava Jato. Todo esse material – reportagens da imprensa brasileira, depoimentos, entrevistas, obras literárias – foi colocado no sistema e, com o cruzamento do conteúdo, a ferramenta pôde, portanto, apontar o que seria a “cara” da corrupção brasileira. Além do rosto, com todos os traços físicos, a solução conseguiu ir além e apontar características de personalidade desse homem, que chamamos de Sr. Ricky Brasil – anagrama de Rica Corrupção do Brasil.

 

Dessa forma, é possível conversar com o empresário. Um assistente virtual entende e localiza a melhor resposta para as perguntas que são direcionadas para ele, enquanto uma biblioteca de sintetização de voz reproduz o áudio das respostas em tempo real. Ao todo, foram 8 meses de trabalho da Nexo, envolvendo desenho de arquitetura, pesquisa, escolha das ferramentas tecnológicas e treinamento da inteligência artificial.

 

Confira o vídeo case:

Especializada no desenvolvimento de soluções cognitivas para a transformação dos negócios, a Nexo é atualmente considerada uma das principais parceiras no Brasil da IBM e da Ingram. Faz parte de seus pilares de trabalho tecnologias como inteligência artificial, blockchain, internet of things (IoT) e machine learning. Com cases nos segmentos de turismo, marketing, finanças e logística, entre outros, as ferramentas arquitetam as melhores soluções alinhadas com as estratégias de seus clientes. Além de “Ricky Brasil”, a consultoria também tem em seu portfólio projetos para Tribunal de Justiça de São Paulo, Brastemp, Volkswagen e agências Act10n e Jüssi, além de anunciar recentemente joint venture com a Ogilvy Brasil e, em seguida, com a Bullet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

White Paper relacionado


Marketing

Afinal, o que é computação cognitiva?

Artigos Relacionados