Experiência: a última fronteira do marketing 5.0

Por Pyr Marcondes | 16 outubro 2017

Depois do marketing 5.0 virão outros marketings. Mas vamos com calma, porque nem entendemos direito o marketing 2.0.

Marketing 2.0 é a interação absoluta, omnichannel, resultante da disrupção de toda a cadeia de consumo e das marcas. Meio que essas coisas estão se tornando uma coisa só, consumidores invadindo definitivamente a gestão das empresas, como se fossem seus verdadeiros CMOs e as paredes entre as companhias e o corpo social começando a desmoronar. Esse é o cenário atual, em consolidação.

Mas isso ainda é marketing 2.0. Que já é estonteante. Falar de marketing 5.0 parece meio delírio, então, certo? Aliás, o que é marketing 5.0? E porque é a experiência a sua última fronteira?

Explico rapidinho pra você.

O marketing 5.0 está surgindo de mansinho, mas de forma irreversível e arrasadora, no despertar do mundo da conectividade exponencial. A conectividade exponencial será real e mainstream quando o 5G se tornar ele próprio mainstream. 5G é a conectividade de todas as coisas, a Internet das Coisas full, e ela está já aí, batendo na sua porta.

Em 2020, que é amanhã de manhã, vamos assistir a mais conectada Olimpíada de todos os tempos e o Japão está se preparando para dar um soco na cara do mundo sobre o que pode ser feito no âmbito da conexão de um evento que ocorre no mundo físico, mas que ocorrerá, simultaneamente e de forma planetariamente amplificada, também no ambiente digital.

Ali não teremos ainda o 5G full, mas teremos já uma ligação inédita entre a experiência do mundo físico integrado ao fluido mundo digital, algo que nunca vimos antes.

O marketing 5.0 é o marketing anabolizado pelo 5G. E a experiência é sua última fronteira porque será ela a canalidade e a expressão mais impactante e definitiva dessa interação. Será através da experiência que vamos viver e vivenciar algo que na verdade integra várias realidades, a virtual, a física, a aumentada e todas as demais realidades que você puder imaginar.

As marcas jamais serão as mesmas após essa interação absoluta e será na experiência que se dará a parte mais tangível de toda essa transformação. O consumo não será mais consumo, será experiência. As marcas não serão mais marcas, serão experiências. Os produtos não serão mais produtos, serão experiências. Percebe?

Te convido a perceber. Porque vai ser assim que vai ser.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

White Paper relacionado


Marketing

Introdução ao analytics

Conheça os primeiros passos de como funcionam esses tais de analytics
Introdução ao analytics (414 downloads)

Artigos Relacionados