Automação de Marketing – Apenas um “nice to have”?

Por Daniel de Sousa | 02 março 2016

Por incrível que pareça, esse termo ainda é pouco conhecido por alguns profissionais de marketing mais tradicionais. Em grandes empresas já é algo muito mais comum, mas, quando lidamos com pequenas e médias, podemos ver que nem todos os profissionais estão familiarizados com o tema.

Somente para colocar todos na mesma página, automação de marketing significa se utilizar de ferramentas que melhoram a qualificação de um lead dentro de uma campanha, ou seja, enviar um e-mail marketing para uma pessoa e ela ter clicado em um call to action não significa que ela está pronta para ser contatada pelo time de vendas. Talvez ela tivesse interesse em um documento específico, mas não na solução ou serviço que a empresa estava oferecendo por trás daquele e-mail. Para exemplificar, imagine um jogo de futebol. Não é porque o seu time fez 1 x 0 aos 10 minutos do primeiro tempo que ele irá ganhar o jogo. Existe uma probabilidade de isso acontecer? Claro, mas seria melhor esperar que ele fizesse 2, 3 ou até 4 gols para fazer essa afirmação, pois, quanto mais gols, mais madura a vitória fica.

Adotar um sistema de automação de marketing irá simplificar o processo de vendas como um todo. Assumindo que marketing irá nutrir os leads até que eles amadureçam e estejam prontos para ser contatados por algum representante de nossa empresa, poupamos tempo, esforços, dinheiro e, o principal, dor de cabeça com as reclamações de que nossos leads são pouco qualificados. Um scoring model benfeito faz milagres!

Obviamente o número de geração de leads vai cair bastante, mas certamente o número de conversões irá crescer absurdamente. Muito melhor garantir ao vendedor que de cada 10 leads gerados ele terá uma boa probabilidade de abrir oportunidades em 3 do que entregar a ele 100 para o mesmo número de oportunidades.

Minha ideia não é promover nenhum fornecedor ou ferramenta específica, mas simplesmente chamar a atenção para o tema, que, mesmo não sendo tão recente, ainda não é utilizado como deveria pelos profissionais de marketing.

Caso ainda não seja uma realidade para você, minha recomendação é correr e procurar uma ferramenta ou empresa que possa auxiliar na implementação e execução dessa estratégia. Exige investimento, mas em um curto prazo de tempo os resultados serão notáveis!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

White Paper relacionado


Marketing

Introdução ao analytics

Conheça os primeiros passos de como funcionam esses tais de analytics
Introdução ao analytics (251 downloads)

Artigos Relacionados