Home Notícias 5 dicas para quem (ainda) tem uma agência digital

5 dicas para quem (ainda) tem uma agência digital

1348
0
Group of business people hiding their faces behind a question mark sign at office

1. Pense que o conceito “agência” é velho de séculos (nasceu no final do século XIX, caso não saiba) e que vai ficar cada vez mais obsoleto. Isso vale para todas as agências. Para a sua agência digital também;

2.Tenha em mente que se classificar como “digital” num mundo em que tudo é digital não é mais ser muderninho, ao contrário, mostra como você não percebeu que ser digital deixou de ser diferencial e que se você é uma “agência digital” já virou commodity. Toda agência hoje, mesmo as mais tradicionais, são, de alguma forma, também digitais;

3.Não existe mais, como você bem sabe, separação entre digital e não-digital, porque o consumo, as empresas, as marcas, o mundo … é tudo drivado pelo digital. Então ou você vira holístico, ou tende a não virar nada;

4.A Transformação Digital é tão avassaladora, que está engolindo o mundo. Sua agência tem que estar preparada para atender seus clientes para esse novo e gigantesco jogo, em que a palavra chave é menos o “digital” (e que podemos perfeitamente substituir por tecnologia) e muito mais “transformação”. Sua agência tem que ser uma ameba. Pseudópode. Estar pronta para ser uma coisa nova todos os dias. Chancelou de digital, congelou. E se congelou, feretrou.

5.Pense que as companhias serão mais e mais plataformas integradas de tecnologias sinérgicas de toda a natureza. Digital é enabler, não é fim. Aliás, nunca foi. Tira logo esse conceito “digital” do seu conceito de negócios e olhe o mundo grandão como ele de fato é. Enterra o digital. E se estruture para ser, você também, uma plataforma omni para toda demanda das companhias e marcas que aparecerem na sua frente. Aí sim, em estado always beta, você terá alguma chance de competir. E vencer.

Previous articleBlockchain abre espaço para publicidade online mais inteligente e descentralizada
Next articleFacebook suspende 200 apps por suspeita de uso indevido de dados
Pyr Marcondes é jornalista, consultor e autor. Foi repórter da revista IstoÉ, Jornal da Tarde e Playboy. Foi diretor editorial para o Grupo Meio & Mensagem desde a década de 90. Foi Sócio e Diretor de Criação na agência de publicidade Grottera & Cia. (TBWA) durante 10 anos. Foi Country Manager do portal StarMedia no Brasil. Co-fundador e CEO da Digital Strategy, consultoria pioneira em marketing e comunicação digital no País. Co-Fundador e Diretor de Marketing da FUN Generation, empresa de mobile marketing. Co-Fundador e Diretor da Superbrands Brasil (2005/2009). Consultor adjunto da BrandFinance, consultoria de marcas inglesa (2004/2005). Foi Diretor-Geral da Plataforma Proxxima, de marketing e comunicação digital do Grupo M&M. É hoje Diretor Geral da M&M Consulting, empresa de consultoria e negócios para a indústria do marketing digital. Pyr Marcondes é autor de inúmeros livros sobre história da propaganda e sobre marcas. É hoje referência na indústria digital brasileira. É palestrante, membro de conselhos e consultor.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here