4 passos para tornar o e-commerce mais competitivo com ferramentas de recomendação e personalização

Por Innovation Insider | 05 outubro 2018

Gerar conversões deve ser o foco de todo e-commerce que deseja aumentar as vendas. É por isso que cada vez mais lojas investem em recomendação e personalização, ferramentas extremamente importantes para melhorar a experiência de compra na sua loja virtual.

No entanto, existem outros benefícios que as ferramentas de recomendação e personalização proporcionam para as lojas virtuais:

Melhorar a usabilidade – Uma das premissas da usabilidade é garantir que o usuário entre na loja virtual e não encontre dificuldades para navegar e realizar o que deseja. Imagine entrar em um site, se deparar com milhares de produtos e não saber como encontrar aquele tênis de corrida azul, tamanho 39, que tanto queria. A quantidade enorme de itens se torna um obstáculo para a experiência de compra. O papel das ferramentas de recomendação é, também, melhorar a usabilidade do site ao reduzir as opções para aqueles produtos que o usuário mais tende a comprar.

Valorizar cada cliente – Pense que você está entrando em uma loja de eletrônicos no shopping. Então, o vendedor traz alguns celulares nas mãos ? e eles são exatamente aqueles que você estava buscando. Assim, você se sente muito bem atendido, como se fosse o cliente mais importante do mês.

Se você trouxer essa situação para o mundo online, é exatamente o que acontece em um e-commerce que adota a recomendação de produtos. O sistema já conhece cada usuário, sabe por onde ele andou na internet, o que pesquisou e o que comprou naquela loja. E, quando ele acessa a loja virtual, visualiza uma vitrine totalmente personalizada, com as ofertas e os produtos certos para ele.

Dessa forma, o cliente se sente único e valorizado. Como em qualquer relacionamento, isso é importante para fortalecer o vínculo e aumentar a fidelidade. No e-commerce, isso significa que esses consumidores tendem a voltar e, ainda, recomendar a compra para outras pessoas.

Melhorar o branding – Quando o consumidor pesquisa uma geladeira para comprar, ele analisa o preço, o tamanho, a capacidade, a voltagem, entre outros atributos funcionais. Mas sabe o que pesa mesmo na decisão? A sensação que o produto ou a marca causam nele.

Muito mais que as características, os aspectos emocionais são determinantes para a escolha. Por isso, as marcas precisam trabalhar o seu branding, com o objetivo de conquistar o coração dos consumidores ao transmitir a sua essência e os seus valores.

Em um e-commerce, o principal caminho para fazer isso é proporcionar a melhor experiência de compra, para mostrar como ele valoriza o seu cliente. Então, quando você utiliza ferramentas de recomendação e personalização, consegue despertar emoções positivas no consumidor. Essa é a sensação que ele vai associar à sua marca e que ficará marcada na lembrança.

Ticket médio – Crescer a taxa de conversão é importante, mas aumentar o valor gasto por cada cliente na loja também é essencial. As ferramentas de recomendação e personalização para e-commerce dispõem de diferentes recursos para sugerir produtos aos consumidores. Então, é possível adotar estratégias de upselling (produtos alternativos de maior valor) e cross-selling (produtos complementares) para recomendar outros itens e aumentar o ticket da compra.

Com recomendações mais precisas e relevantes, o e-commerce tende satisfazer o cliente e aumentar a sua receita. Quanto melhor for a experiência de compra e quanto mais o usuário se sentir bem na loja, mais ele vai comprar. Por isso, o propósito de todas as estratégias sempre será a conversão.

*Alan Prando é CTO e cofundador da Biggy, plataforma especializada em Big Data e Inteligência Artificial, com foco em personalização e recomendação de e-commerce.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

White Paper relacionado


Marketing

Entregando uma experiência mais inteligente de shopping com Predictive Analytics

A experiência de compras do seu consumidor pode ser mais inteligente e amigável, assim como a sua própria gestão nos ambientes de vendas online. O segredo para isso é usar dados de Predictive Analytics de forma eficaz. Veja como neste White Paper.

Entregando uma experiência mais inteligente de shopping com Predictive Analytics (336 downloads)

Artigos Relacionados