Home Notícias Artigos 3 previsões de como a Internet das Coisas vai transformar seu negócio

3 previsões de como a Internet das Coisas vai transformar seu negócio

623
2

Varejo/Compras – Os consumidores vão fazer suas compras no ponto de venda através de telas e cada vez menos através de contato com pessoas. A riqueza visual e lúdica da experiência interativa vai transformar o consumo nas lojas num game. Por trás das telas multi-touch, sofisticados sistemas de captação de dados dos consumidores e integração com o back office de armazenamento e logística. A compra poderá ser apanhada no próprio ponto de venda ou entregue em casa. Quem sabe por um drone ou por um robô.

Wearables – Parte importante do mundo da Internet das Coisas, os “usáveis”, ou seja, aparato de uso pessoal, no corpo, conectados, serão cada vez mais normais no dia a dia e isso aumentará exponencialmente a possibilidade de contato um a um, incrementando a experiência da personalização como nunca antes.

Dados e Mensuração – Como ficou claro nos itens anteriores, a Internet das Coisas tem seu front end e seu back end. No back end, como dito acima, teremos a possibilidade de capturar dados e informações das pessoas, no front end, e fornecer dados e informações para as áreas de gestão interna das companhias. Essa possibilidade torna, por um lado, a necessidade de gestão de dados em algo até hoje inimaginável. Big Data talvez nem seja mais a expressão para esse novo potencial e o novo volume de dados a disposição e que terão que ser manipulados. Por outro, aumentarão o grau de precisão e acuracidade das informações tanto sobre o consumidor e usuário, como no back end das companhias.

Previous articlePODCAST: STORYTELLING POSSÍVEL – EPISÓDIO 22: Aproveita o silêncio pra cativar a audiência!
Next articleMapa da Jornada do Consumidor
Pyr Marcondes é jornalista, consultor e autor. Foi repórter da revista IstoÉ, Jornal da Tarde e Playboy. Foi diretor editorial para o Grupo Meio & Mensagem desde a década de 90. Foi Sócio e Diretor de Criação na agência de publicidade Grottera & Cia. (TBWA) durante 10 anos. Foi Country Manager do portal StarMedia no Brasil. Co-fundador e CEO da Digital Strategy, consultoria pioneira em marketing e comunicação digital no País. Co-Fundador e Diretor de Marketing da FUN Generation, empresa de mobile marketing. Co-Fundador e Diretor da Superbrands Brasil (2005/2009). Consultor adjunto da BrandFinance, consultoria de marcas inglesa (2004/2005). Foi Diretor-Geral da Plataforma Proxxima, de marketing e comunicação digital do Grupo M&M. É hoje Diretor Geral da M&M Consulting, empresa de consultoria e negócios para a indústria do marketing digital. Pyr Marcondes é autor de inúmeros livros sobre história da propaganda e sobre marcas. É hoje referência na indústria digital brasileira. É palestrante, membro de conselhos e consultor.

2 COMMENTS

  1. Marcos Eduardo Pedro

    Exatamente como eu penso, o futuro da technologia humana esta cada vez mais evidente em nosso consumo, cada empresa irá propor seu atendimento e ai que tudo irá fazer a diferença, o mercado esta propondo dia a dia muita inovação, não vai bastar apenas colocar uma maquina de compra como ponto de venda, não será apenas um toque no touch que vai fazer toda diferença e sim colocar o consumidor onde ele quer estar, ter os dados alinhado a gostos, interesses e principalmente comportamento são informações valiosas mais precisamos mesmo colocar cada cliente em seu devido lugar, com mais realismo virtual.

  2. Para que a internet das coisas possa realmente ser um tecnologia inovadora para as empresas elas devem ter em mente que somente coletar os dados de sensores quaisquer, e enviar para uma nuvem é apenas o começo da jornada.
    O passo seguinte é utilizar os recursos de computação cognitiva e gerar valor, essa será a moeda de troca da IOT.
    Precisamos fazer a jornada do herói para transformar o IOT em realidade.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here